5 dicas de como selecionar clientes para evitar a inadimplência

4 minutos para ler

A saúde financeira é um dos principais pontos que os gestores devem se atentar para que consigam manter a sustentabilidade de um negócio. Isso porque, ao definir estratégias de organização e investimento nos setores produtivos do negócio, é possível aumentar a segurança na distribuição de capital e no arrecadamento de lucros.

Entretanto, mesmo tendo essa postura de desenvolvimento, há outros fatores que podem ainda prejudicar o seu equilíbrio financeiro. Um deles é a taxa de inadimplência gerada entre o seu público consumidor. Quando esse problema é ocasionado em grandes e médias proporções, a instituição acaba tendo um déficit que prejudica o giro de capital que, por exemplo, é direcionado para reinvestimento.

Por isso, é necessário que os empresários escolham bem o perfil de comprador que desejam ter em suas vendas para que não tenham prejuízos. Seguindo essa ideia, confira agora 5 dicas de como selecionar clientes e assim evitar a inadimplência em seu negócio!

1. Avalie bem o seu público consumidor

A primeira dica que podemos pontuar está relacionada à avaliação do seu público consumidor. A esse respeito, para minimizar a taxa de inadimplência dentro da empresa, é fundamental priorizar as vendas para grupos mais seletos de compradores, distanciando da ideia de “vender para todo mundo”. Por mais que o último modo de vendas possa abarcar um grande número de clientes, os índices de inadimplência podem também ser muito maiores.

2. Acompanhe diariamente os pagamentos dos clientes

Outra dica essencial para manter a organização de entrada de capital é por meio do acompanhamento diário dos pagamentos dos clientes. Quando a empresa não tem esse controle, há uma maior propensão à inadimplência no negócio. Por meio do acompanhamento constante é possível investir ações para minimizar as perdas financeiras ocasionadas por clientes que não pagam, como envio de lembretes de pagamento para o consumidor em seus principais canais de comunicação (WhatsApp, e-mail, telefone, etc).

3. Verifique o histórico do comprador

Nada melhor para selecionar um bom cliente do que avaliar o seu histórico de compras. Há várias formas que permitem aos gestores identificar se o consumidor é ou não um bom pagador. Ao realizar essa avaliação, minimiza-se bastante o percentual de clientes inadimplentes em seu negócio. Entre as maneiras de fazer esse estudo, os vendedores podem verificar possíveis pendências em instituições (SPC e SERASA), por exemplo.

4. Estabeleça uma política de crédito baseada no relacionamento

Muitos empreendedores acabam perdendo lucros ao disponibilizar vantagens e créditos de pagamentos sem haver um planejamento e pesquisa sobre consumidores, o que favorece a inadimplência. Para que isso seja evitado, estabeleça uma política de bônus financeiro baseada no relacionamento, em que haja um direcionamento de créditos apenas para aqueles clientes que dispõem de um histórico de pagamentos positivo.

5. Tenha uma régua de cobrança efetiva

Por fim, para frear a inadimplência entre os seus clientes, tenha uma régua de cobranças efetiva. Invista em estratégias e ferramentas que permitam fazer um controle eficiente sobre o status de compra de cada cliente. No mercado já existem softwares que ajudam os gestores a monitorar as datas de pagamento de cada venda e efetuar cobranças nos períodos previamente estabelecidos.

Essas foram as principais dicas de como selecionar clientes e evitar a inadimplência em seu empreendimento. Dessa forma, com essas dicas em mãos, os gestores são capazes de elaborar o melhor plano contra esse problema e garantir que a empresa possa manter sua sustentabilidade financeira.

Gostou do artigo? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as nossas atualizações!

Você também pode gostar

Deixe um comentário