Como é feita a gestão de cobrança? Aprenda, agora!

3 minutos para ler

Um dos problemas que mais prejudicam a receita de uma empresa e a manutenção dos lucros é a inadimplência. Isso acontece quando o negócio obtém um valor inferior ao esperado, por conta do não pagamento de dívidas pelos clientes. Por isso, é fundamental que os líderes encontrem meios para lidar com esse impasse da melhor forma e evitar que seu setor financeiro seja comprometido.

Dentro desse tema, podemos apontar a gestão de cobranças como uma área de extrema importância para o contexto. Ela basicamente tem a função de gerenciar o processo de venda, desde o momento da compra da mercadoria até o último pagamento da dívida pelo consumidor, que pode ser dentro ou fora do prazo de vencimento. Essa administração é importante, pois permite lidar com a atividade de cobrança de forma técnica e eficiente, de modo a não comprometer o relacionamento com o consumidor.

Quer saber mais sobre como é feita a gestão de cobrança? Então, leia o artigo que preparamos e fique por dentro desse assunto!

Tenha uma política de crédito

Uma boa política de crédito cumpre o propósito de definir as regras para o cadastramento de clientes, bem como a concessão de crédito. Seus principais objetivos são contribuir para o progresso das vendas, controlar o fluxo de caixa e minimizar os riscos nesse processo. Mesmo que os quesitos citados possam sofrer alguma alteração dentro da política de crédito, conforme a demanda e a necessidade de cada empresa, sempre o intuito principal será evitar a inadimplência.

Adote um software de gestão

Um software de gestão de cobranças é uma ferramenta planejada para automatizar processos de coleta, bem como centralizar as rotinas financeiras da empresa. Com esse sistema é possível acompanhar de perto a situação de toda a carteira de consumidores.

Sendo assim, o software de gestão de cobrança possibilita à instituição várias vantagens, como redução da inadimplência, avaliação dos riscos de cada operação, minimização de fraudes nos processos, além de tornar o faturamento mais previsível. Com isso, consegue-se formular uma organização financeira sólida e robusta.

Capacite seus colaboradores

Por fim, é de suma importância pontuarmos também a necessidade de capacitar o seu time. Isso porque não basta investir em tecnologias de gestão e propor uma cultura de desenvolvimento do negócio, se seus colaboradores não estão engajados e qualificados nesse propósito.

Desse modo, por meio de treinamentos, palestras e reuniões internas, prepare sua equipe não apenas para o momento da recuperação de crédito, mas também para “recuperar” o cliente e torná-lo promotor, mesmo em uma situação crítica. Com essa medida, você será capaz de criar um time competente e apto a lidar da melhor forma com os processos de cobrança.

Portanto, essas foram as principais práticas de como é feita uma boa gestão de cobrança. Agora que você já sabe quais são os passos mais relevantes a serem adotados, vale ressaltar também a importância da gestão de crédito. Por meio dela é possível reduzir a taxa de inadimplência e melhorar a previsibilidade de receita do negócio.

Gostou do artigo? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as atualizações sobre o mundo dos negócios!

Você também pode gostar

Deixe um comentário