5 dicas para impulsionar seu negócio

Como manter um negócio de sucesso?

Esse é o desafio da maioria dos empreendores, jovens ou experientes, que apostam a carreira e as finanças em uma ideia. Cases de sucesso não faltam para inspirar, o problema é como usar essas ideias e conceitos. Ou até que ponto elas servem de referência para o negócio?

Na publicação de hoje reunimos 5 dicas que podem facilitar a organização das metas e ajudar a impulsionar o seu empreendimento.

 

images

Dinheiro não é mais sinônimo de sucesso! 

Oiii? Como assim?

Por muito tempo o sucesso de uma empresa foi medido pelo retorno financeiro que ela proporcionava, no entanto, com as mudanças no mercado, capital e até na forma de empreender, essa visão tem mudado. Atualmente, para muitos gestores, estudiosos de economia e professores universitários, por exemplo, o sucesso está muito mais relacionado a qualidade de vida e ao propósito da empresa, o seu diferencial e valores, do que a quantidade de dinheiro que ela arrecada. É lógico que para o empreendimento se manter no mercado, a gestão financeira é extremamente importante, mas já não é mais o único termômetro para indicar o sucesso ou não de um empreendimento.

 

Atenção às reduções de preços

Para muitos gestores as promoções podem se tornar uma armadilha financeira. Isso porque a redução do preço de um produto é imediatamente relacionada ao potencial de venda que ele tem para o cliente. No entanto, ações promocionais não planejadas podem gerar rombos no orçamento da empresa e gerar conflitos com o cliente quando o preço do item voltar ao “normal”. Portanto, sempre que pensar em usar o valor do produto como diferencial de venda, avalie as planilhas, o estoque e o perfil do consumidor, faça um planejamento, e se for vantajoso, aí sim aposte na ideia. Caso contrário, busque alternativas para atrair o público, como encontros temáticos, brindes nas compras até um valor determinado e parceria com outras empresas para cupons de desconto e ingressos para eventos.

 

Closeup of Two Businessmen Shaking Hands

Prepare os colaboradores

No Brasil, diferente de outros país do mundo, a capacitação profissional do funcionário é vista como despesa e não como investimento, especialmente para pequenas e médias empresas. No entanto, é fundamental que o colaborador conheça os diferenciais do negócio, o potencial, objetivo e a missão, assim ele estará preparado para atender o consumidor final e para oferecer a ele o que tem de melhor. Investir na capacitação profissional e pessoal do trabalhador também é uma maneira de envolvê-lo com o projeto da empresa, unir a equipe de trabalho e criar métodos para que as qualidades de cada um, juntas, formem um grupo que se completa na execução do trabalho.

 

Conhecer a concorrência não significa copiá-la

Um empreendedor precisa entender seu negócio, assim como o mercado no qual está inserido, o público que irá consumi-lo e claro, a concorrência. Um erro comum entre gestores é aplicar na sua empresa práticas que viu um concorrente fazer e é aí que mora o perigo! Mesmo dentro do mesmo segmento, cada negócio tem suas particularidades, despesas e investimentos a fazer, além da mão de obra. Usar o preço do concorrente como base para criar seu próprio valor, por exemplo, muitas vezes não condiz com as necessidades da empresa ou o padrão do negócio destoa do preço pedido pelo produto ou serviço. Leve em conta as práticas da concorrência, mas avalie a realidade do seu negócio para elaborar ações, estipular valores e metas.

 

Seja flexível e amplie (ou reduza) seu negócio se necessário

A empresa não apresentou os resultados esperados? Então é hora de reavaliar o negócio. Para muitos empreendedores desistir da ideia inicial significa, mais adiante, ver o projeto também acabar. Exatamente por isso é importante que o gestor seja flexível ao avaliar as chances reais da empresa em se manter no mercado e muitas vezes mudar o foco. Essas alterações podem ser desde a segmentação para trabalhar com um público X, até a mudança completa dos serviços e produtos oferecidos. A flexibilidade do empreendedor por trás do negócio diz muito sobre o potencial futuro da empresa mesmo nas épocas de crise e a capacidade do empreendimento em passar por períodos de mudanças e turbulências. Leve em consideração novas possibilidades antes de desistir do negócio.

Qual tal aplicar as 5 dicas de hoje à sua empresa? Compartilhe nos comentários os resultados e suas sugestões para impulsionar um negócio. Quer deixar uma sugestão de pauta? Participe através do box abaixo ou pela página da CDL Caxias no Facebook.

 


 

E mais:

Três perguntas que o empreendedor deve fazer de olho no mercado:

Eu realmente sei e gosto de fazer isso? Por que meu cliente compraria isso? Meus potenciais clientes estão dispostos a pagar o preço que necessito pelo meu produto?

Lembre-se de sempre fazer essas perguntas para você mesmo dia a dia no seu negócio ou a cada novo projeto! Boas vendas!

 

 

Um comentário em “5 dicas para impulsionar seu negócio”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s