Quais são os vilões do fluxo de caixa da sua empresa?

A gestão de caixa de uma empresa tem objetivos simples: conhecer e gerenciar a saída e entrada de dinheiro, em um período determinado, e assim elaborar técnicas e estratégias para controlar gastos e evitar que o negócio fique sem capital de giro.

Controle rigoroso

Mesmo que haja dinheiro em caixa, em certo momento a diferença será percebida, e, sem praticar um controle rigoroso, pode ser tarde demais. Acompanhar entradas e saídas do caixa é trabalho diário e deve ser registrado minuciosamente.

Também é crucial ser rigoroso na liberação do crédito e dos prazos de pagamento, assim como na elaboração de descontos e promoções, para que elas não se tornem um revés.

Outro ponto é o controle de estoque. Avalie regularmente o estoque e organize as planilhas de forma a identificar quais são os produtos/serviços mais procurados e o que pode ser excluído de investimentos futuros.

LEIA MAIS: Qual é a importância da gestão de risco no seu negócio? 

Observe os serviços contratados

Pense nas despesas fixas mensais do negócio e anote. Agora observe a planilha e analise o que é relevante ou não. Energia elétrica e água, por exemplo, são essenciais. Mas o pacote bancário e aquele combo de internet, TV por assinatura e telefone são as melhores opções? Houve pesquisa entre várias prestadoras de serviço na hora da contração? Procure serviços que se encaixem na realidade do negócio e leve em consideração que tudo que não é usado e é pago gera um negativo para a empresa. Fique atento.

Acompanhamento 100% do gestor é essencial

Analisar as planilhas da empresa e planejar ações de curto e longo prazo são essenciais para manter o negócio saudável e estar atento a mudanças internas e do mercado . Isso também é parte essencial da gestão financeira e do fluxo de caixa.

Para evitar surpresas negativas nas finanças da empresa é importante que o gestor esteja a par e atualizado sobre todos os processos do negócio, assim como do fluxo de caixa e das mudanças e projetos que devem ser implementadas a curto prazo.

Avaliar o resultado de cada ação também é importante para identificar as estratégias que funcionam ou não, de acordo com o modelo de negócio, e pesquisar novas opções administrativas.

Conseguimos transmitir algumas necessidades do seu negócio? Caso queira mais informações sobre o controle de crédito e inadimplência, leia mais aqui.

Publicado por

marketingcdl

A CDL Caxias é a maior entidade do movimento lojista do Rio Grande do Sul e a está entre as maiores do Brasil em número de associados. É afiliada à CNDL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas que congrega 1600 CDL´s e 600 associações comerciais, reunindo 2.200 mil entidades no Brasil e 800 mil pontos de vendas e à FCDL – Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul que reúne 152 CDL´s, 20 associações comerciais e 40 mil pontos de vendas no Estado. O trabalho sério desenvolvido pelos 30 presidentes que já atuaram na entidade ao longo destes 50 anos, diretores e profissionais que participaram da CDL Caxias é respaldado pelas muitas conquistas que a entidade obteve. Uma das mais importantes veio no ano final de 2005, quando a entidade, entre todas as CDLs do país, ganhou o 1º lugar na Categoria Serviços aos Associados na 46ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, realizada em Maceió, Alagoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s