Como a música da loja pode fazer o cliente comprar mais

A música que você toca em sua loja pode ser usada como tática para reforçar sua marca e fidelizar os clientes, além de incentivar o consumo, sabia? Com a ajuda da Revista Exame, separamos algumas dicas para você acertar nessa hora:

*Boa parte dos clientes repara no som de um estabelecimento. Pense na última loja que você entrou. Lembra-se de ter reparado no som? Pois é. Se você não colocar um som agradável, tudo o que os clientes ouvirão são as conversas entre os vendedores e os barulhos de fora da loja, o que pode irritá-los e fazê-los desistir de comprar.

*Tenha um equipamentos de qualidade: pior do que o silêncio é ter um som ruim.

*Faça o gênero da música combinar com a marca e o público-alvo. Planeje a playlist! Se o seu público é jovem, por exemplo, toque músicas para eles. Loja kids? Músicas para agradar as mães.

*Atenção ao ritmo da música: seu negócio é para os que consomem por impulso, como uma loja de R$1,99, por exemplo? Nesse caso, escolha músicas animadas.

*Se o cliente precisa fazer uma escolha com mais tempo e calma, o ideal é uma música mais tranquila. No supermercado, por exemplo, o cliente tende a ficar mais tempo escolhendo produtos e comprando mais se a música for agradável.

*Não exagere no volume do som! E se for de manhã cedo, dê preferência ao volume baixo.

*Além das músicas, vale largar algumas mensagens sobre promoções, dicas e outros serviços oferecidos na loja. Fale de promoções, mas também traga algum conteúdo, por exemplo: a loja de bolsas pode fazer um post sonoro ensinando qual a melhor forma de limpar uma bolsa.

Já escrevemos que proporcionar uma experiência de compra bacana é importante para garantir a venda (ou, pelo menos, que o cliente volte à loja). Leia de novo aqui.

A música faz parte desse ambiente de compra agradável que você deve garantir aos seus consumidores. Coloque as nossas dicas em prática e boas vendas!

 

Baixe a playlist de Natal gratuitamente: aqui

1 comentário sobre “Como a música da loja pode fazer o cliente comprar mais”

  1. Pingback: Valor desembolsado, presente mais procurado… Saiba quais são as tendências para as compras de Natal deste ano – Blog

Deixe uma resposta