Case Dia das Crianças: Estação dos Brinquedos

O Dia da Crianças, por motivos óbvios, é sempre uma data bem especial para a Estação dos Brinquedos, loja de Caxias do Sul e associada da CDL; mas este ano, a comemoração tem ainda mais motivos para ser realizada: será o primeiro Dia das Crianças em que a loja estará com nova filial, em Bento Gonçalves.

“Nosso projeto é abrir uma loja nova por ano. A característica da Estação dos Brinquedos é ter lojas amplas, com toda a variedade de brinquedos que engloba o mundo infantil,” explica o proprietário Silvio de Carli, que administra a Estação ao lado da sócia, Ivângela Romanzini.

“Temos mais de mil metros quadrados de loja em Caxias e mais de 20 mil itens. Em Bento, inauguramos um espaço de 400 metros quadrados em uma loja temática: montamos um playground, uma espécie de showroom, que serve como mostruário para clientes que querem comprar brinquedos maiores, tipo balanço, escorregador, etc. As crianças vão lá e testam. Com esse espaço, também atendemos o corporativo, já que estamos vendendo bem para espaços kids de empresas e condomínios. No futuro, queremos transformar todas as nossas lojas nesse modelo. Em Caxias, provavelmente, no ano que vem.”

Além do showroom, a filial da Estação dos Brinquedos também conta com uma pequena (grande) ajuda para atrair a atenção dos clientes: um Hulk de 3 metros e meio de altura, iluminado por uma luz verde, que fica exposto na vitrine aberta 24 horas por dia. “Se transformou em uma atração”, diz o proprietário. “Também colocamos uma Maria Fumaça na vitrine, que tem tudo a ver com Bento e com a gente, e adesivamos o espaço com todos os pontos turísticos da cidade.”

Para o Dia das Crianças, a marca está apostando forte em sua melhor mídia: as redes sociais. “Hoje o principal meio de ligação com o consumidor, além do o encarte que é distribuído nas casas, são as mídias sociais, como o Facebook e WhatsApp. É aonde temos resultado imediato, pois alcançamos o pessoal que está interessado no segmento. Ele curte a nossa página e se torna fã dela, e fica também ligado a nós através do Whats, onde enviamos muitos materiais. Cada vendedor tem a sua carteira de clientes no Whats. Planejamos bem essa questão de redes sociais e ela está cada vez melhor”, explica Sílvio. “Fazemos também várias lives (transmissões ao vivo pelo Facebook), onde falamos dos brinquedos, das condições de pagamento… Impulsionamos essas lives e atingimos quem já é cliente e quem vai vir a ser. Depois, mandamos por Whats.”

As transmissões ao vivo, na semana que antecede o Dia das Crianças, segundo Silvio, vão ser realizadas por personagens infantis, como a Branca de Neve e o Super Homem. Além disso, as lojas vão oferecer pipoca na porta para quem passar por lá, e terão os personagens como atendentes. “Cada dia da Semana das Crianças terá um evento diferente.”

O que acharam do case da Estação dos Brinquedos? Inspirador, não?

Leia mais dicas e inspire-se também num exemplo norte-americano, neste texto sobre Personalização e Vendas de Dia das Crianças.   

Deixe uma resposta