Promoções de Páscoa para quem não vende chocolate

Natal, Dia das Mães, Black Friday, Dia das Crianças, Dia dos Pais, Páscoa. Essas são, nesta ordem, as datas mais importantes para o comércio caxiense. E é provável que a Páscoa ocupe somente o sexto lugar não porque o consumidor compra menos presentes – a demanda se compara ao Natal –, mas porque as opções de compra se resumem a um único produto: chocolate. Então o supermercado lota e os demais segmentos pouco lucram com o Coelhinho.

O consumidor não é muito criativo na compra dos presentes de Páscoa. Fato. Cabe ao comércio oferecer alternativas, ilustrar novas opções de compra e atrair clientes pela criatividade de um presente inusitado que desperte um novo olhar para o seu produto: “por que não?”.

Veja dicas de como inserir o seu produto ou serviço na cesta do coelhinho.

1.Comunicação visual

Quem vende chocolate vai investir em comunicação visual. E, se você quer vender qualquer alternativa de presente de Páscoa, vai precisar encarar essa concorrência. Invista em vitrine e decoração capazes de mostrar ao seu cliente – ou a quem passa em frente ao seu estabelecimento – que ali também há opções.

Como criar vitrines que vendem

2. Monte o presente

O que (e para quem), na sua empresa, poderia ser uma boa opção de presente? Monte kits, invista em embalagem alusiva à data. Quando você facilita a visualização do seu produto/serviço como alternativa  para presentear, o cliente recebe a ideia pronta. E ideias prontas têm mais chances de serem vendidas.

3. Crianças

Os pequenos são o principal público para o presente de Páscoa. Se você vende um produto que atende a essa demanda – brinquedos, roupas, etc – prepare sugestões criativas para a cesta do coelhinho.

4. Adultos

Ainda que as crianças sejam o foco do consumidor às vésperas da Páscoa, suas chances de venda não estão perdidas se o público para o seu produto for adulto. Crie opções de presentes – e dê destaque a elas na loja – capazes de promover vendas, ainda que o cliente não tenha saído de casa com essa intenção.

5. Além do chocolate

Há pouca gente que não goste de chocolate. Mas a lista de quem deve mantê-lo fora da dieta é maior. Invista nos públicos e produtos alternativos para essa data.

6. O chocolate

Mesmo que o chocolate não seja uma das opções de produto na sua empresa, pense na possibilidade de incluí-lo, em versões menores, nos seus kits de sugestão para a Páscoa. A combinação valoriza o seu produto e resolve o dilema de quem cogitou presentear com o que você oferece mas não quer deixar a Páscoa dos seus presenteados passar sem “nem um bombonzinho”.

Boas vendas!

No seu negócio, há outra boa estratégia para atrair “coelhos”? Compartilhe conosco!

Deixe uma resposta