Relacionamento amoroso no trabalho: como administrar

Um estudo recente da consultoria norte-americana Challenger mostrou que 35% das pessoas já tiveram ou estão tendo um relacionamento amoroso com alguém do trabalho. É comum que isso aconteça, já que passamos tantas horas do nosso dia trabalhando. Para administrar as duas coisas, no entanto, é preciso algumas cautelas.

Primeiro, é importante ressaltar que proibir relacionamentos amorosos entre funcionários é inconstitucional, ou seja, a empresa não pode vetar isso. Obviamente que namorar durante o expediente não é permitido e pode, inclusive, levar à demissão de funcionários. Por isso, a principal dica é ser discreto e saber separar as coisas. Veja outros conselhos para não deixar que nem o trabalho nem o relacionamento sejam prejudicados:

  • Se você e seu parceiro trabalham juntos, conversem sobre como esse relacionamento pode afetar a carreira de vocês (e vice e versa) e encontrem soluções em conjunto para fazer com que a rotina fique mais amena. Saber separar o profissional do pessoal não é fácil, mas com bastante conversa, é possível melhorar com o passar do tempo.
  • Trate assuntos pessoais fora do trabalho. Deixe as DRs para momentos particulares. E nunca continue uma briga de casa no escritório.
  • Por outro lado, quando estiver em casa, tente não focar em assunto de trabalho, especialmente se forem polêmicos.
  • Evite falar sobre seu relacionamento durante o horário de expediente, tente não comentar sobre possíveis problemas amorosos com colegas.
  • Manifestações de afeto (beijos, abraços) devem se restringir aos momentos fora do escritório. O mesmo vale para apelidos carinhosos.
  • Não utilize os canais da empresa, telefone e email, por exemplo, para falar de assuntos pessoais com seu parceiro (isso vale para qualquer relação).
  • Saiba cultivar relações com os colegas também: mesmo que seu marido (a) ou namorado (a) trabalhe com você, tente almoçar ou fazer seu intervalo na companhia das outras pessoas da empresa. O casal não deve se isolar do restante da equipe.
  • Cultive seus lazeres: se você mantém um relacionamento com a pessoa e também trabalha com ela, é importante que você possua momentos só para si e suas atividades pessoais. Quando os dois crescem, individualmente, o casal tende a se fortalecer. E até o trabalho rende melhor com isso.

Deixe uma resposta