Dicas para resolver seus problemas com fluxo de caixa

Muitas empresas já passaram pela situação de não saber se irão conseguir pagar as suas contas em dia. A organização do fluxo de caixa, acredite, pode ajudar bastante nesse e em outros problemas financeiros. Vamos ver se a gente consegue te ajudar com algumas dicas?

  1. A gente sabe que o negócio é seu e que você vai defendê-lo sempre. Mas não perca a sua capacidade objetiva de olhar o mercado, analisar o seu negócio e reinventá-lo, se necessário, criando um modelo mais sustentável financeiramente. Às vezes, é necessário desapegar-se da ideia inicial que você tinha para a sua empresa para conseguir ter uma gestão financeira mais saudável. Um exemplo: você sempre sonhou em alugar uma sala espaçosa, com ótima localização. E assim o fez. Mas, com o tempo, ficou cada vez mais difícil bancar o valor mensal desse aluguel. Talvez seja hora de repensar e encontrar outro espaço, que consiga atender bem às suas necessidades, mas que não seja tão pesado financeiramente para a sua empresa.

  2. Tente se adiantar ao que vai acontecer. Alguns chamam isso de “prever o futuro” e é sempre bom fazer isso antes de o dinheiro terminar. Para isso, é preciso fazer uma projeção de caixa para os próximos 3 ou 4 meses. Se for demais para as suas condições atuais, pelo menos desse mês e do mês que vem. Isso ajuda você a tomar melhores escolhas financeiras (e não ficar devendo para os fornecedores, que estarão esperando o pagamento na data combinada).

  3. “Fluxo de caixa é matemática simples: só pode sair aquilo que entrou.” (Fonte: Marcio Pionkowski, Endeavor Brasil) Seja realista nas previsões de entrada: saiba que, infelizmente, nem todas elas vão acontecer (nem todos vão te pagar quando você estava planejando). O fluxo não deve refletir o que você espera receber naquele mês, mas sim o que realmente entrar. Isso vai te fazer tomar decisões de compras/gastos com mais consciência.

  4. Se precisar atrasar algum pagamento, avise os parceiros e tente negociar com eles. Transparência é a melhor opção para manter parcerias saudáveis.

  5. Não tenha medo de pedir ajuda. Outras pessoas da sua equipe podem te ajudar na hora de propor soluções para melhorar o fluxo de caixa ou dar ideias para incrementar a gestão financeira da empresa. Especialistas também podem ser contratados. Leia sobre o assunto e informe-se sempre!

 

Essa não é a primeira vez que escrevemos sobre Fluxo de Caixa (porque o assunto, afinal, é extremamente importante em uma empresa). Gostaria de ler mais? Nesse texto, falamos sobre Os vilões do Fluxo, entre eles, a falta de controle. 

Já neste texto, focamos no Controle do Fluxo de Caixa para pequenas Empresas.

E neste, veja de novo os 5 erros que comprometem um Fluxo de Caixa.  

Deixe uma resposta